Gestor Júnior de Capacitações em Manejo de Casos de Malária

PSI ANGOLA - Luanda, todas as provincias

Já só tem 47 dias para se candidatar

Contrato

Tipo contrato
Tempo determinado
Oferta aberta até
06/12/2020

Descrição

Cargo
Gestor Júnior de Capacitações em Manejo de Casos de Malária
Número de vagas
1
Descrição da função

O Gestor Júnior das formações tem como responsabilidade principal apoiar a equipa da malaria na
organização e realização de formações e desenvolvimento de capacidades em manejo de casos de
malaria (MCM), para assegurar a eficácia da implementação das actividades. O Gestor Júnior de
formação se reportará ao Director Técnico de Malaria (MTD) do HFA.
RESPONSABILIDADES
As responsabilidades incluem, mas não estão limitadas à descrição abaixo apresentada.
FORMAÇÕES
- Garantir uma boa coordenação com o Programa Nacional de Controlo da Malária para a
elaboração dos mapas das formações mensais.
- Apoiar a equipa de formação no recrutamento e selecção de formadores, educadores comunitários e outros, conforme o programa de formação;
- Apoiar a equipa de formação na elaboração do programa de formação, incluindo currículos e
materiais de apoio;
- Apoiar a equipa de formação na organização e facilitação das formações;
- Preparar e controlar o mapa de formações;
Fazer o controlo de presença nas formações;
- Certificar-se de que as actividades planeadas decorrem nos timings previstos;
- Produzir relatórios das actividades de formação;
- Deslocar-se às províncias, sempre que necessário, para apoiar nas formações;
- Garantir o envio dos relatórios das formações a nível provincial para a equipa técnica de Monitoria e Avaliação do Projecto SPT e ao Director Técnico de Malaria (MTD).
APOIO ADMINISTRATIVO
- Elaborar e acompanhar requisições para material didático, serviços de catering e logística;
- Acompanhar e apoiar a logística da organização das formações;
- Organizar e arquivar documentos relacionados com as actividades de formação nas unidades de saúde;
- Preparar kits de formação ou pacotes de informação e enviar o material para os participantes em tempo hábil;
- Colaborar com outros membros do departamento para coordenar as actividades de trabalho, cumprir prazos e prestar apoio, sempre que necessário;
- Exercer outras funções relacionadas, de acordo com as instruções da supervisão;
- Produzir relatórios das actividades, conforme necessário (diário, semanal, mensal).
OUTROS
- Assumir outras funções que lhe forem atribuídas, dentro da sua área funcional.

Requisitos

Titulação mínima
Licenciatura
Experiência exigida
3 Anos
Nacionalidade
Não definido
Línguas
Não definido
Competências
  • Competência
  • Formação de Formadores
  • Informática
Aptidões necessárias

QUALIFICAÇÕES & COMPETÊNCIAS
- Ensino médio completo ou Licenciatura (preferencial) na área de educação/formação de formadores.
- Pelo menos 3 anos de experiência no sector humanitário/social (preferencial).
- Experiência na área de formação de adultos ou equivalente.
- Proficiência linguística: excelentes habilidades de comunicação oral e escrita em língua portuguesa.
- Competências e habilidades: capacidade de trabalhar de forma eficaz em uma equipe.
- Capacidade de estabelecer e manter relações com altos funcionários do ministério e liderança provincial e outros parceiros, incluindo habilidades de diplomacia e tato, é necessária.
- Deve ser fortemente instruído em informática, especialmente com o software MS Office e a Internet.
- Boas capacidades de relacionamento interpessoal e comunicação.

Empregador

Nome do empregador

PSI ANGOLA

Sobre a nossa empresa

A PSI é a principal organização mundial de saúde com programas orientados para a malária, sobrevivência infantil, VIH e saúde reprodutiva. Trabalhando em parceria com os sectores público e privado, e aproveitando o poder dos mercados, a PSI disponibiliza produtos que salvam vidas, serviços clínicos e métodos comunicativos para capacitar as populações mais vulneráveis do mundo a ter uma vida mais saudável. A PSI utiliza, assim, o sector privado para disponibilizar produtos e serviços de saúde, aplicando técnicas de marketing para criar procura e motivar mudanças positivasde comportamento.
Em colaboração com o MINSA, a PSI está a implementar um projecto de saúde financiado pela USAID com o objectivo de desenvolver novas parcerias e melhorar o impacto de saúde nas áreas de malária, planeamento familiar e VIH/SIDA. Ao longo da implementação do projecto, serão realizadas diferentes acções de formação com o objectivo de aumentar o conhecimento, habilidades e atitude para mudança de comportamento social, bem como desenvolver as capacidades das organizações locais para implementação de projectos de saúde nas diferentes áreas.

Não encontrou vagas do seu interesse?

Registe-se para ser informado quando tivermos vagas adequadas ao seu perfil.
Já tem uma conta? Iniciar sessão aqui