Assessor Técnico Sénior de HIV/SIDA

PSI ANGOLA - Luanda, Luanda

Já só tem 31 dias para se candidatar

Contrato

Tipo contrato
A definir
Oferta aberta até
24/12/2021

Descrição

Cargo
Assessor Técnico Sénior de HIV/SIDA
Número de vagas
1
Descrição da função

Deveres e responsabilidades principais:
- Desempenhar um papel fundamental no projeto GHSC-PSM e nos esforços do Governo de Angola para implementar abordagens chave da cadeia de abastecimento em apoio ao desenvolvimento de um sistema de gestão da cadeia de abastecimento de HIV/SIDA resiliente.
- Em colaboração com a equipa de gestão sênior, deve supervisionar a implementação técnica de HIV/SIDA e facilitar a conclusão oportuna das atividades e resultados para garantir que estejam alinhados com o plano de trabalho e orçamento do projeto.
- Prestar assistência técnica na implementação de estratégias para transferir habilidades, conhecimentos e tecnologia de gestão da cadeia de abastecimento de produtos de saúde de HIV/SIDA para o país.
- Assegurar que os sistemas de gestão logística previstos serão adaptados à infraestrutura nacional existente de Angola. Identificar barreiras para a transferência efetiva de habilidades e institucionalização das melhores práticas, e trabalhar com contrapartes locais e outros parceiros no país para encontrar abordagens para enfrentar e superar esses desafios.
- Fornecer apoio de assistência técnica (AT) ao INLS, armazéns centrais e provinciais nas províncias apoiadas pelo PEPFAR para fortalecer o sistema de informação de gestão logística (LMIS) para o INLS - Trabalhar com as principais partes interessadas do MINSA para apoiar os níveis central e provincial a recolher, sintetizar e transmitir dados e informações relacionadas com Produtos relacionados ao HIV/SIDA.
- Fornecer assistência técnica (AT) e apoio de mentoria ao INLS, armazéns médicos centrais e armazéns provinciais em gestão farmacêutica, otimização de transporte, previsão e planeamento de abastecimento e melhores práticas na gestão de inventário.
- Colaborar, conforme necessário, com outros parceiros especializados na gestão farmacêutica e da cadeia de abastecimento e em capacitação para instalações individuais.
- Gerir a equipa técnica para entrega oportuna de objetivos e responsabilidades técnicos, garantindo que recomendações técnicas sólidas sejam seguidas e implementadas com contrapartidas do MINSA.
- Fornecer informações técnicas conforme necessário para a preparação de alto nível e conteúdo de dados detalhados diretamente com os Diretores do MINSA, responder de forma eficiente às solicitações do PEPFAR (planejadas e ad hoc). Antecipar problemas e executar a resolução de problemas de alto nível em conjunto com o MINSA.
- Contribuir para o desenvolvimento de conteúdo de capacitação técnica e servir como instrutor mestre em gestão da cadeia de abastecimento de medicamentos para HIV/SIDA para funcionários programáticos chave a nível central, nas 4 províncias e nas 18 unidades de saúde.
- Colaborar com a equipa de Monitoria e Avaliação (M&A), monitorar a coleta de dados de HIV/SIDA, auxiliar na análise de dados e na elaboração de relatórios.
- Manter comunicações regulares com a Directora do País (CD) e com o Director Técnico de Programas (DTP) e outras equipas técnicas para garantir que todas as necessidades de assistência técnica em sistemas e serviços farmacêuticos para o INLS, armazéns médicos centrais e armazéns provinciais sejam devidamente atendidos.
- Coordenar, conforme necessário, com a Directora do País (CD) e com o Director Técnico de Programas (DTP) do Projecto GHSC-PSM e outra equipa técnica para desenvolver e implementar o plano de trabalho de PSM, atividades técnicas e orçamentos conforme necessário.
- Apoiar e gerir a equipa de Assessores Técnicos de HIV/SIDA do PSM em suas atividades diárias, desenvolvendo sua capacidade de defender e implementar as melhores práticas nas dezoito (18) instalações apoiadas pelo PEPFAR.
- Rever o plano semanal de atividades de cada Assessor Técnico de HIV/SIDA do PSM.
Coordenar a colaboração a nível provincial de todos os Assessores de HIV/SIDA do Projecto
GHSC-PSM com todas as partes interessadas do HIV/SIDA.
- Supervisionar a equipa técnica provincial de HIV/SIDA, cerca de oito (8) assessores técnicos e também funcionários locais integrados de nível central quando envolvidos.
- Fornecer assistência técnica (AT) para Nível Central, INLS, CECOMA, NEOFARMA, Depósito Provincial e GPSL.
- Responder às solicitações da Sede e ao envio oportuno de dados de HIV/SIDA no painel global do projeto para relatar à USAID, PEPFAR, OGAC, etc.
- Advogar junto à Província para a melhoria do transporte e distribuição ativa de produtos no Depósito Provincial de Medicamentos, priorizando a disponibilidade contínua dos produtos nas instalações apoiadas pelo PEPFAR.
- Participar nas reuniões de coordenação dos Parceiros de Implementação do PEPFAR, e em outras reuniões de nível nacional e provincial, conforme necessário.
- Revisar e analisar relatórios de indicadores do TO1, relatórios mensais, semanais e trimestrais.
- Desempenhar outras funções atribuídas pelo Supervisor.

Suporte à Gestão de Programas
- Fornecer informações e apoio ao Directora do País e ao Director Técnico de Programas no desenvolvimento de planos de trabalho anuais e nas elaborações de descrições de trabalho.
- Apoiar a Directora do País e o Director Técnico de Programas no desenvolvimento de relatórios mensais, trimestrais e ad hoc, conforme necessário.
- Fornecer assistência técnica às partes interessadas no país, conforme acordado com a USAID e o Ministério da Saúde, para construir capacidade no país em áreas específicas de gestão da cadeia de abastecimento e serviços farmacêuticos.
- Compreender, implementar e garantir a conformidade com os Padrões de Procedimentos de Operações (PPOs/SOPs) e políticas de PSM.
Comunicação com o cliente
- Manter um relacionamento contínuo com o cliente e todas as partes interessadas,
mantendo-os informados e respondendo às suas solicitações.

Requisitos

Titulação mínima
Pós-graduação Profissional
Experiência exigida
5 Anos
Nacionalidade
Não definido
Línguas
Português
Competências
Farmácia
Aptidões necessárias

Competências e Qualificações Requeridas:
- Pós-graduação em farmácia, ciências farmacêuticas, gestão farmacêutica ou cadeia de abastecimento/logística/compras requerida; treinamento adicional em administração de empresas ou saúde pública considerado como uma vantagem.
- Experiência significativa na implementação e fortalecimento de sistemas de cadeia de abastecimento farmacêuticos no contexto de países em desenvolvimento, incluindo experiência comprovada em sistema de informação de gestão de quantificação, compras e logística. É necessário um mínimo de 5 anos de experiência relacionada.
- Capacidade comprovada de liderança, facilitação e planejamento; capacidade demonstrada de construir e manter relações de trabalho eficazes com doadores, partes interessadas no projeto, funcionários do governo, colaboradores e parceiros do sector privado. É preferível ter experiência anterior no desenvolvimento e entrega de programas de treinamento.
Experiência relevante em saúde pública internacional com experiência no fortalecimento de
sistemas de cadeia de abastecimento farmacêuticos é fortemente preferida, particularmente
aqueles relacionados à gestão de productos de HIV/SIDA.
- Excelentes habilidades interpessoais e capacidade demonstrada de interagir profissionalmente com uma equipa diversificada, clientes e consultores.
- Competência demonstrada para avaliar prioridades e gerenciar uma variedade de atividades em um ambiente que exige tempo e cumprir prazos com atenção aos detalhes e qualidade.
- Proficiência em língua portuguesa incluindo habilidades de leitura, escrita e fala para conduzir negócios. A proficiência em língua inglesa é altamente preferida.
- Demonstrar habilidades intermediárias de informática em aplicativos do Microsoft Office Suite, incluindo Word, Excel, Outlook e PowerPoint. Habilidades em softwares de previsão relevantes são uma vantagem.
- Capacidade de viajar internamente e internacionalmente, conforme necessário, para apoiar o andamento das atividades do programa.
- Apenas cidadãos angolanos e indivíduos legalmente autorizados a trabalhar em Angola e
com um forte conhecimento do sistema da cadeia de abastecimento de saúde pública angolana poderão candidatar-se a esta posição.

Empregador

Nome do empregador

PSI ANGOLA

Sobre a nossa empresa

A PSI é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos. Líder em marketing social abrange mais de 65 países no mundo, dedicando os seus esforços à promoção da saúde e comportamentos saudáveis, através da disponibilizaçã o de produtos de saúde e actividades de comunicação para mudança de comportamento. Em Angola a PSI foi fundada em 2000. Dirige programas de saúde e prevenção de malária, saúde infantil, planeamento familiar e VIH. Trabalha em parceria com o Governo Angolano, o Ministério da Saúde, e outros parceiros, incluindo os sectores públicos e privados.

Não encontrou vagas do seu interesse?

Registe-se para ser informado quando tivermos vagas adequadas ao seu perfil.
Ao registar-se, aceita os nossos Termos e condições