Assessor Sénior de Desenvolvimento de Força de Trabalho e Gestão de Recursos Humanos (M/F)

PSI ANGOLA - Luanda, todas as provincias

Já só tem 45 dias para se candidatar

Contrato

Tipo contrato
A definir
Oferta aberta até
26/02/2021

Descrição

Cargo
Assessor Sénior de Desenvolvimento de Força de Trabalho e Gestão de Recursos Humanos (M/F)
Número de vagas
1
Descrição da função

Tarefas e Responsabilidades:
- Coordenar o projeto GHSC-PSM e os esforços do Governo de Angola para implementar abordagens chave de Recursos Humanos para a Saúde (HRH) (incluindo planeamento, política, gestão, produção, retenção, produtividade e desempenho) em apoio ao desenvolvimento de uma força de trabalho resiliente de gestão da cadeia de abastecimento.
- Coordenar as atividades de desenvolvimento da força de trabalho, envolvendo-se diretamente com o governo de Angola, ENSP, DRH, OMS, GAVI e outros parceiros
- Fornecer assistência técnica em: Implementar estratégias para transferir habilidades, conhecimentos e tecnologia de gestão da cadeia de abastecimento de produtos de saúde para o parceiro. Identificar barreiras para a transferência efetiva de habilidades e institucionalização das melhores práticas, e trabalhar com o governos do paíse e outros
parceiros no país, para encontrar abordagens para enfrentar e superar esses desafios.
- Revisar regularmente os avanços internacionais e domésticos em questões relacionadas à força de trabalho de SCM, promover a comunicação sobre tópicos / sucessos relacionados à força de trabalho de SCM entre os países e fazer recomendações sobre como aplicar as práticas mais atualizadas e relevantes ao projeto.
- Coordenar todas as atividades inerentes ao início, manutenção e conclusão do curso de pós- graduação incluindo revisão curricular; implementação de procedimentos e ferramentas de gestão inovadores para garantir a gestão ideal do curso; transferência de conhecimento para os funcionários da Escola Nacional de Saúde Pública.
- Promover o Capítulo e filiação da Associação Internacional de Logísticos em Saúde Pública (IAPHL) (Líder do Capítulo).
- Supervisionar o especialista em gênero e supervisionar o portfólio de integração de gênero
- Realizar quaisquer outras atividades exigidas pelo supervisor Gestão do Conhecimento e Comunicação
- Em colaboração com a equipe do projeto e a equipe do HQ KMC, promover a conscientização e compreensão do projeto em Angola a saber:
- Documentar e divulgar histórias de sucesso de projetos, publicações externas, documentos de estratégia de trabalho em todas as ordens de tarefas, contribuir para conteúdo da web e mídia social
- Compartilhar a gestão do conhecimento, produtos de comunicação e melhores práticas com as partes interessadas da cadeia de suprimentos e fomentar a participação em plataformas globais e nacionais.
- Fornecer atualizações para a equipe técnica do GHSC-PSM conforme necessário, usando uma variedade de abordagens de comunicação adequadas às configurações específicas do país (por exemplo, e-mail, workshops e treinamentos, SharePoint, etc.)
- Gestão de Recursos Humanos
- Trabalhar com Chemonics e PSI HR para a criação, atualização e implementação de políticas internas que garantam a conformidade com os critérios da USAID e estrutura de trabalho local relacionada
- Coordena as funções de gestão de tempo de RH, incluindo timesheets e verificação e compilação de licenças / férias para todo o escritório PSM.
- Em colaboração com o PSI HR, coordenar os processos de recrutamento de pessoal do PSI, garantir a verificação de referências e documentação apropriada
- Coordenar o processo de avaliação de desempenho anual para todos os funcionários do projeccto, por meio do coaching dos supervisores e da equipe e da documentação em alinhamento com o requisito da política de RH PSI
- Supervisiona a revisão e atualização de descrições de cargos adequadas e contribui para o processo de classificação de cargos;
- Responsável pela integração e indução dos funcionários do projeto, e conexão com o PSI para atingir todas as Induções, enquadramento, monitoramento e orientação ampliada do PSI (incluindo cartões de identificação do funcionário, formulários em uso e manuais de política interna);
- Defender a cultura organizacional e relações eficazes com os funcionários, realizando as consultas e negociações necessárias com a equipe sobre questões de pessoal para garantir que as relações profissionais e a comunicação eficaz sejam mantidas entre supervisores e subordinados diretos
- Em colaboração com o departamento de Operações, alinhar as necessidades de mudança operacional com as acções relacionadas aos Recursos Humanos a serem tomadas
- Manter o controle de qualidade dos dados de RH e o registro da equipe (físico e eletrônico), garantindo a gestão adequada de saúde relevante ou documentação sensível de RH
- Actua como elo de ligação com o Departamento de RH no PSI
- Supervisionar e orientar a equipe de RH.

Requisitos

Titulação mínima
Licenciatura
Experiência exigida
8 Anos
Nacionalidade
Não definido
Línguas
Português, Inglês, Francês
Competências
  • Competência
  • Gestão de Equipas
  • Gestão de Recursos Humanos
Aptidões necessárias

Qualificações:
- Licenciatura em RH ou outra disciplina relevante ou experiência equivalente. Mestrado em disciplina relevante fortemente preferido
- Mínimo de oito anos de experiência, a um nível superior, na gestão de programas complexos de saúde ou de desenvolvimento, em países em desenvolvimento numa escala semelhante ao actual.
- Forte liderança, capacidade analítica e competências organizativas demonstradas pela capacidade de trabalhar de forma independente e dentro de uma equipa, capacidade de avaliar prioridades e gerir uma variedade de actividades com atenção ao detalhe
- Fortes competências de comunicação interpessoal, habilidades de escrita e apresentação oral
- Liderança, versatilidade e integridade demonstradas
- Outras línguas faladas em contextos de país em desenvolvimento serão uma vantagem

Empregador

Nome do empregador

PSI ANGOLA

Sobre a nossa empresa

PSI é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos. Líder em marketing social abrange mais de 65 países no mundo, dedicando os seus esforços à promoção da saúde e comportamentos saudáveis, através da disponibilizaçã o de produtos de saúde e actividades de comunicação para mudança de comportamento. Em Angola a PSI foi fundada em 2000. Dirige programas de saúde e prevenção de malária, saúde infantil, planeamento familiar e VIH. Trabalha em parceria com o Governo Angolano, o Ministério da Saúde, e outros parceiros, incluindo os sectores públicos e privados.

Não encontrou vagas do seu interesse?

Registe-se para ser informado quando tivermos vagas adequadas ao seu perfil.
Já tem uma conta? Iniciar sessão aqui