Assessor de Quantificação e Planeamento de abastecimento (M/F)

PSI ANGOLA - Luanda, Luanda

Já só tem 32 dias para se candidatar

Contrato

Tipo contrato
A definir
Oferta aberta até
25/12/2021

Descrição

Cargo
Assessor de Quantificação e Planeamento de abastecimento (M/F)
Número de vagas
1
Descrição da função

Deveres e responsabilidades principais:

  • Desenvolver e analisar políticas e planos operacionais de quantificação para todos os produtos de saúde nos programas nacionais de Saúde Reprodutiva, Malária, Tuberculose e HIV/Aids.
  • Trabalhar com o Diretor do País e as partes interessadas relevantes para desenvolver, agilizar e analisar as ferramentas de quantificação de todos os produtos.
  • Desenvolver e revisar o protocolo de quantificação e cronograma de todos os produtos com melhorias específicas para a quantificação da malária, incluindo metodologias de tempo e incidência.
  • Apoiar a implementação e monitorar a adesão ao rastreamento do consumo, para obter maiores entradas de quantificação nas unidades de saúde apoiadas.
  • Implementar os exercícios de Quantificação Nacional em Quantimed e preparar relatórios associados para revisão nacional, divulgação e uso.
  • Desenvolver ferramentas de treinamento de quantificação e planos para as estruturas de compras centrais.
  • Aconselhar sobre questões relacionadas à quantificação de todos os produtos.
  • Garantir previsões e planos de fornecimento para todas as classes de produtos estão disponíveis e atualizados mensalmente, trimestralmente e anualmente conforme aplicável, para informar o planeamento de compras de productos e previsão de embarques.
  • Apoiar intervenções de capacitação para o governo angolano e parceiros da cadeia de abastecimento que coordenam para garantir um fornecimento confiável de produtos de saúde para Angola em todos os programas apoiados pela USAID.
  • Trabalhar com grupos de trabalho técnicos de quantificação para continuamente atribuir e implementar inovações para aumentar a sustentabilidade das atividades de previsão, planeamento de abastecimento e atividades de monitoramento de produtos.
  • Apoiar coordenação e comunicação rigorosas entre a unidade sede (FASP); a unidade de Aquisições e unidade de Apoio ao Campo. Garantir a apresentação oportuna de todos os relatórios e entregas mensais, trimestrais e anuais na plataforma global em nome do escritório de campo e programas nacionais.
  • Trabalhar de forma colaborativa com as equipes do núcleo de quantificação dos parceiros no país para revisar os planos de fornecimento de todos os produtos do país; recomendar ajustes e chegar a consensos com a gestão do programa no país, conforme necessário.
  • Trabalhar com a equipe de aquisição de productos e respetivos programas para garantir que os planos de aquisição estejam corretos, dada a previsão de demanda e resolver quaisquer discrepâncias.
  • Fornecer relatórios mensais sobre níveis de fornecimento e planos de compras para identificar potenciais lacunas de fornecimento precocemente e desenvolver respostas para mitigar o impacto na prestação de serviços.
  • Treinar o grupo de trabalho técnico de quantificação sobre os princípios da quantificação de todos os productos dos programas apoiados e sobre o uso de ferramentas de quantificação.
  • Garantir a disponibilidade do relatório de quantificação de todos os produtos para aprovação pelo Ministério da Saúde.
  • Monitorar e garantir um fornecimento contínuo de produtos que são adquiridos de forma centralizada para os programas nacionais de Malária, Saúde Reprodutiva, Tuberculose e HIV/Aids, usando o software Pipeline e realizar reuniões regulares com parceiros para coordenar e garantir que as compras e embarques sejam bem-sucedidos.
  • Coordenação e prevenção de rupturas de stock.
  • Enviar planos de fornecimento trimestrais a sede da GHSC-PSM.
  • Ajudar na avaliação do desempenho do sistema de compras.
  • Monitorar vários padrões de consumo e tomar medidas corretivas na previsão periodicamente.
  • Ter ligação com departamentos de compras para programas nacionais no MINSA, incluindo programas CECOMA, GEPE, DNME e programas nacionais para comunicar mudanças e mitigar riscos.
  • Outras tarefas atribuídas pelo Supervisor.

Requisitos

Titulação mínima
Licenciatura
Experiência exigida
5 Anos
Nacionalidade
Não definido
Línguas
Português, Inglês
Competências
Excel
Aptidões necessárias

Competências e Qualificações Requeridas:

  • Boa escrita, comunicação e habilidades interpessoais e capacidade de se comunicar efetivamente em português e inglês tanto verbalmente como por escrito.
  • Exigido a Licenciatura em logística, gestão da cadeia de abastecimento, saúde pública, economia estatística ou outros ramos relacionados.
  • Pelo menos 5 anos de experiência em gestão da cadeia de abastecimento, incluindo 2-3 anos de quantificação e planeamento de abastecimento.
  • Com experiência no uso de diversas metodologias de previsão e ferramentas necessárias de quantificação, p. Ex. Excel; Quantimed; Pipeline.
  • Experiência em quantificação e planeamento de fornecimento de productos de saúde em pelo menos três áreas de saúde: HIV/AIDS, planejamento familiar, malária e medicamentos essenciais.
  • Demonstrar habilidades necessárias para o uso de software de quantificação relevante (Quantimed, ForLab e PipeLine); programas de software semelhantes computorizados; e software de uso geral como Excel e Access preferido.
  • Experiência em trabalho para os programas da USAID. Demonstrou capacidade de se comunicar de forma clara e concisa tanto oral quanto por escrito.
  • Fluência em inglês e português exigido.

Empregador

Nome do empregador

PSI ANGOLA

Sobre a nossa empresa

A PSI é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos. Líder em marketing social abrange mais de 65 países no mundo, dedicando os seus esforços à promoção da saúde e comportamentos saudáveis, através da disponibilizaçã o de produtos de saúde e actividades de comunicação para mudança de comportamento. Em Angola a PSI foi fundada em 2000. Dirige programas de saúde e prevenção de malária, saúde infantil, planeamento familiar e VIH. Trabalha em parceria com o Governo Angolano, o Ministério da Saúde, e outros parceiros, incluindo os sectores públicos e privados.

Não encontrou vagas do seu interesse?

Registe-se para ser informado quando tivermos vagas adequadas ao seu perfil.
Ao registar-se, aceita os nossos Termos e condições