COMUNIDADE DE DESENVOLVIMENTO DA ÁFRICA AUSTRAL (SADC) logo

10. Oficial de Programas: Vida Selvagem - Categoria 6

COMUNIDADE DE DESENVOLVIMENTO DA ÁFRICA AUSTRAL (SADC) - Gaborone (Botswana), todas as provincias

Fechado

Contrato

Tipo contrato
A definir
Oferta aberta até
26/07/2019

Descrição

Cargo
10. Oficial de Programas: Vida Selvagem - Categoria 6
Número de vagas
1
Descrição da função

• Prestar apoio ao Oficial Sénior de Programas na facilitação e coordenação das seguintes acções:
- formulação de uma estratégia regional destinada a promover e potenciar a gestão da vida selvagem baseada nas comunidades e as Áreas de Conservação Transfronteiriça (ACTF);
- elaboração e coordenação da execução de uma estratégia regional destinada a promover e preservar redes eficazes sobre as operações de preservação da vida selvagem, de combate à caça furtiva e de controlo do comércio ilegal de produtos da vida selvagem;
- formulação, revisão e execução do Protocolo relativo à Conservação da Vida Selvagem e Execução da Lei e das respectivas estratégias e planos;
- estabelecimento e manutenção de redes regionais eficazes de monitorização e protecção das populações da vida selvagem transfronteiriças;
- implementação e promoção de Acordos Multilaterais sobre o Ambiente (MEA) que tenham impacto directo sobre a gestão da fauna selvagem da vida selvagem, incluindo a Convenção Internacional sobre o Comércio Internacional de Espécies da Vida Selvagem em Perigo de Extinção (CITES e para redigir) e a Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB);
- harmonização de políticas, estratégias, regulamentos e normas em todos os domínios da gestão dos recursos naturais;
• Apoiar o Oficial Sénior de Programas na investigação, análise e divulgação de informações sobre o sector, mediante as seguintes acções:
- recolha regular de dados e informações sobre o estado e o perfil do sector nos Estados-Membros, recorrendo a técnicas de investigação primária e secundária;
- coordenação de projectos de investigação sobre os desafios que o sector enfrenta na Região;
- análise de dados e de informação gerados como resultado da investigação encomendada; preenchimento regular da base de dados regional sobre o sector;
- preparação de dados para publicação no sítio Web da SADC e em outros formatos de comunicação social
 Prestar apoio técnico e administrativo ao Oficial Sénior de Programas durante a execução de programas ou projectos, através das seguintes acções:
- elaboração de documentos, notas conceptuais, actas e agendas anotadas de reuniões, etc.
- promoção do portefólio e da carteira de projectos, assim projectos e programas específicos com impacto na SADC
- organização de reuniões e workshops dos comités técnicos e dos órgãos de definição de políticas relevantes
- estabelecimento de contactos com vários intervenientes ou audiências sobre as questões relevantes do sector ou apresentação de comunicações a estes;
- contratação de consultorias e supervisão de consultores;
- monitorização e avaliação da execução de programas ou projectos e preparação de relatórios de Monitorização e Avaliação;
• Articular com outras direcções executoras de programas, sempre que se tornar necessário para a execução conjunta ou sinérgica de programas
• Investigar e adoptar as melhores práticas na sua área especializada de trabalho e manter um elevado nível de conhecimentos, de modo a cumprir com eficácia as responsabilidades inerentes ao posto
• Realizar outras tarefas que lhe forem confiadas

Remuneração

O Secretariado da SADC oferece um pacote salarial competitivo para todos os postos, conforme a seguir se indica:

Categoria Pacote Médio Anual:

Categoria 4 81.650 USD

Categoria 5 77 090 USD
Categoria 6 72.527 USD

Duração do Contrato
Todos os quadros recrutados para o preenchimento dos postos acima enumerados beneficiarão de contratos a prazo fixo de quatro anos, renováveis uma única vez por igual período, sujeita a desempenho satisfatório, limite de idade e necessidade de manutenção do posto.

Elegibilidade

As vagas estão abertas a candidatos que preencham os seguintes requisitos:

• Tenham idade igual ou inferior a 50 anos. Este requisito decorre da necessidade de recrutar pessoal que poderá permanecer na Organização por um período razoável de tempo antes de atingir o limite máximo de idade definido de 60 anos para os funcionários da SADC.

Prazo e Modo de Apresentação de Candidaturas

As candidaturas, só para angolanos, devem ser submetidas através de esta mesma página web Jobartis, o mais tardar, até ao dia 17 de Julho de 2019.

Caso seja pré-seleccionado, será solicitado para completar as candidaturas com os seguintes elementos:

a) Carta de cobertura indicando o posto para o qual candidato pretende concorrer e descrevendo a relevância das suas habilitações académicas, da sua experiência e das suas competências para o posto;
b) Curriculum vitae actualizado de cinco (5) páginas no máximo;
c) Cópia(s) autenticada(s) do(s) Diploma(s) e Certificado(s);
d) Ficha de candidatura da SADC devidamente preenchida e assinada.

Caso seja pré-seleccionado, no dia da entrevista, o candidato deverá apresentar os documentos comprovativos das habilitações académicas e profissionais indicadas no processo da sua candidatura.

Perspectiva de Género

A SADC é um empregador que favorece a igualdade de oportunidades e encoraja, de modo particular, candidaturas de mulheres.

Se for uma pessoa orientada para o alcance de resultados, tiver paixão pela transformação e pelo desenvolvimento da África Austral e tiver as competências necessárias para fazer face aos desafios inerentes a este posto, não hesite em candidatar-se.

Serão contactados apenas os candidatos que satisfazem os requisitos do Secretariado da SADC e que tenham sido apurados para a entrevista. Caso não receba uma resposta do Secretariado da SADC dentro de dois meses após a data de encerramento, queira considerar que a sua candidatura não foi pré-seleccionada.

Para mais Informações, se necessário, podem contactar o Ponto de Contacto Nacional da SADC ou no site www.sadc.int.

Requisitos

Titulação mínima
MBA / Mestrado
Experiência exigida
7 Anos
Nacionalidade
Angola
Línguas
Português, Inglês, Francês
Area funcional
Competências
Não definido
Aptidões necessárias

• Possuir, no mínimo, o Grau de Mestrado em Gestão da Vida Selvagem ou em Ciências do Ambiente e Animais ou numa área técnica afim, obtido numa instituição de ensino reconhecida
• Pelo menos 7 a 10 anos de experiência de trabalho regional, continental e internacional em áreas relacionadas com a vida selvagem, no sector público ou privado, ou numa organização regional ou internacional
• Capacidade de comunicação e apresentação de comunicações;
• Relacionamentos interpessoais
• Capacidade de negociação, criação de redes e estabelecimento de relações
• Capacidade organizativa (planificação, elaboração de orçamentos, gestão do tempo, definição de actividades prioritárias)
• Capacidade de pesquisa, análise e resolução de problemas
• Ter capacidade de manter a qualidade, trabalhando sob pressão e aderindo aos prazos
• Possuir um pensamento conceptual e prático
• Estar centrado no cliente
• Agir com determinação
• Demonstrar capacidade de trabalhar individualmente e, muitas das vezes, sem supervisão
• Capacidade comprovada de trabalhar num ambiente internacional, multicultural e altamente político
• Saber preservar a confidencialidade e respeitar situações sensíveis
• Ser metódico e organizado e manter um elevado nível de atenção aos detalhes
• Ter sensibilidade institucional e saber como envolver os diferentes actores da Organização na realização de tarefas
• Agir com profissionalismo e cumprir as normas de deontologia profissional

Empregador

Sobre a nossa empresa

A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) é uma comunidade económica regional criada e gerida pelos países da África Austral. Tem como objectivo promover a cooperação nas áreas económica, social, política e da segurança entre os respectivos Estados-Membros, assim como incentivar a integração regional com vista ao alcance da paz, estabilidade e produzir riqueza. A SADC conta actualmente com quinze Estados-Membros , com uma população de, aproximadamente, 327 milhões de habitantes e um PIB combinado de USD 600 mil milhões (2016).

O Secretariado pretende recrutar quadros qualificados para o preenchimento de várias vagas e reforçar a sua capacidade de execução do seu mandato. Para o efeito, o Secretariado convida os cidadãos da SADC detentores das qualificações e da experiência necessárias a candidatarem-se aos seguintes postos à disposição na sua Sede, em Gaborone, no Botswana.

Não encontrou vagas do seu interesse?

Registe-se para ser informado quando tivermos vagas adequadas ao seu perfil.
Já tem uma conta? Iniciar sessão aqui