Que palavras evitar pôr no seu Curriculum vitae

Há valores positivos, relacionados com o mundo trabalhista e o emprego, que gostamos de destacar e queremos que os demais saibam que podem contar com eles ao nos contratar.

Ser apaixonado e ter uma grande motivação são vistos como aspectos muito positivos na hora de enriquecer um CV com palavras que atraiam o empregador. O problema é quando aparecem em 90% dos CV. Como destacar então?

O acertado é redigir um CV onde apareçam todas e a cada uma das palavras chave do teu sector (ainda que as tenhas em mente procura bem no Google Adwords). Isto terá um duplo impacto, ajudará a posicionar o teu CV em motores de busca e quem te procure saberá que encontrou um profissional que conhece o seu sector e usa uma terminologia adequada e actualizada.

Como contar o quão motivado estás

Associadas a estas palavras técnicas ou específicas da tua actividade conta as principais metas da tua história de trabalho. Desta forma conseguirás que quem leia o teu curriculum vitae forme uma ideia de que está diante do CV de uma pessoa entusiasta sem necessidade que apareça esta  palavra excessivamente utilizada. Saber narrar como te fizeste triunfar sobre algo que parecia perdido ou contar como uma determinada metodologia que propuseste acabou se instaurando como um processo que melhorou a produtividade. Também funciona explicar como se parte de uma situação crítica e se acaba superando conseguindo bons resultados. Sem dizer, nesses relatos cabem as palavras entusiasmo, motivação ou êxito.

Além de uma linguagem positiva que demonstre paixão e motivação, mostre-o com dados. Por exemplo, Em quanto aumentaram as vendas na campanha em que participaste ou dirigiste? em quanto tempo conseguiste que toda a tua equipa estivesse a trabalhar eficazmente? Quanto tempo reduziste ao alcance de objectivos?

Demonstra o quão criativo és

Não te limites a dizer. Cria uma história com grande imaginação. Se te dedicaste a uma profissão criativa mais um motivo. Deixa que se forme na mente de quem lê o teu CV a ideia “CRIATIVO” (em vez de dizer) lendo o relato que constróis. Trata-se que o empregador chegue à conclusão de que és uma pessoa criativa sem ter que lho dizer com palavras. Se for ele a chegar à conclusão, será mais credível.

Não é necessário que digas que tens uma longa experiência ou trajectória numa determinada actividade. As datas já falam por si. Descreve os lucros conseguidos. Esta informação é bem mais significativa para um recrutador.

Inspirar pode ser sinônimo de liderar mas sugere um estilo menos impositivo. E de passagem evita-se outra das palavras mais utilizadas e que passam quase sem pena nem glória diante dos olhos dos empregadores. Preocupe-se mais com as tendências de RH onde se prefere uma liderança que se produza de forma natural e não centralizado numa só pessoa.

Elimina estas palavras do teu perfil ou CV

As possibilidades de destaque por como contamos a história da nossa experiência de trabalho é muito maior que esconder nossas qualidades em baixo de palavras trilhadas.  Segundo um estudo facilitado pela rede social LinkedIn, as dez palavras mais utilizadas, e que menos impressionam aos empregadores, são estas: motivado, criativo, entusiasta, trajectória, apaixonado, bem-sucedido, focado, liderança, estratégico e longa experiência. Abra portas à imaginação e substitui-as para destacar o teu CV.


Receba as últimas publicações e novidades da Jobartis

Nome
Email
Telefone