A forma adequada de negociar o salário

À medida que avança, o processo de selecção vai-se dirigindo ao momento de falar de dinheiro. Uma das questões mais importantes antes de começar a trabalhar numa nova empresa é o salário que se vai receber. Mas nem todo mundo está consciente de que este salário também se negoceia. Qual é a forma adequada de o fazer?

salario

Salário

A seguir propomos uma série de factores a ter em conta e preparados antes de negociar um salário. Anote as conclusões que tenhas sobre cada ponto e ponha em mente para que na próxima vez estejas preparado.

1. Conheça as opções de pagamento que existem

Com isto digo que nem sempre há um salário exclusivamente fixo, é muito habitual encontrar uma parte do pagamento variável. Este pagamento variável dá-se sobretudo em empregos em que se trabalha por objectivos. É raro que o salário seja exclusivamente variável, não é boa ideia aceitar salários deste tipo.

Também existem outro tipo de retribuições, os telefonemas em espécie. Este tipo de pagamentos são os que se dão em forma de serviços ou vantagens. Isto é, pode que te ofereçam o serviço de uma creche, um veículo de empresa, pagamento de transporte público… Deves analisar até que ponto este tipo de serviços recompensa o teu esforço.

2. Conhecer o salário habitual no teu sector

Deves verificar quais são os salários habituais no teu sector. Em certos sectores os salários apenas variam entre um empregado e outro, mas em outros a diferença de salários é enorme, pelo que para negociar um salário é imprescindível conhecer entre que cifras te podes movimentar.

Se trabalhas algum tempo num sector, seguramente já saberás qual é o salário habitual, pelo que não terás problemas. Se nunca trabalhou no sector, para negociar o salário deverá informar-se perguntando, por exemplo, a conhecidos que tenham trabalhado anteriormente num posto similar.

3. Seja competitivo

Deves ter conhecimento sobre as capacidades que procuram as empresas do sector, e se tu tens essas capacidades, vales mais. Simplesmente assim. Deves-se estar consciente do que se vale, do poder de negociação que se tem sobre salário. Negociar o salário implica saber quanto te podem oferecer pelo teu trabalho.

 

4. Marca um objectivo

Tendo todos os pontos anteriores claros, determina uma quantidade máxima de salário que pensas que poderias atingir, ainda que seja pouco provável, um mínimo que não estás disposto a aceitar pelo trabalho e uma cifra intermediária, mas dentro do que consideras mais que aceitável, e fixa estas quantidades na tua cabeça.

Se perguntam quanto queres cobrar, dê uma faixa entre a quantidade que tens estabelecido como médio aceitável e o máximo que pensas que é difícil atingir. Mas especifica que para ti o mais importante não é o salário (isto é sempre simpático) e que estás disposto a aceitar qualquer opção razoável que te proponham, tanto em condições trabalhistas como em salário.

Tens negociado algumas vez o teu salário? Que técnica utilizaste? Comenta e partilha!


SUBSCREVE-TE A JOBARTIS

Nome
Email
Telefone