Falta-te experiência de trabalho no currículo? Vê como compensar na entrevista!

Anualmente as universidades angolanas «públicas e privadas» costumam lançar à disponibilidade do mercado de trabalho muito licenciados.

Igualmente constatamos que os recém-formados encontram muita dificuldade para ingressar de facto neste mercado.

Maioritariamente porque algumas empresas exigem algum tempo de experiência de trabalho nos seus anúncios de emprego, dois anos no mínimo.

Uma vez que a cada dia o acesso ao mercado de trabalho está mais condicionado para quem procura o primeiro emprego, esta dificuldade tende a aumentar por conta do empregador desconhecer totalmente o histórico de futuros talentos lapidados, actualmente brutos.

Apesar de a experiência profissional não ter que ver directamente com a capacidade de produção do candidato e determinar sempre o sucesso nas operações laborais. É importante e muito relevante que se tenha alguma experiência de trabalho.

Por isso apresentamos, neste artigo, algumas formas de compensar a falta de experiência profissional na entrevista de emprego:

  • Obtenha experiência de trabalho – Faça trabalhos voluntários, ajude em algum negócio de família, participe da organização de evento na tua universidade. Se você disponibiliza o seu tempo na ajuda de outras pessoas, as empresas podem considerar as habilidades que adquiriu, nestes momento, com experiência de trabalho.
  • Lembre-se que possui várias habilidades – Na entrevista de emprego como sentir-se um pouco limitado na abordagem ao currículo do ponto de vista de tempo de trabalho. Nesses casos, lembre sempre que você possui várias habilidades então valorize-as falando um pouco de como cada uma delas poderia ajudar no negócio da empresa.
  • Saiba das exigências para profissionais da sua área de formação – Fazer o trabalho de casa é importante. Pesquisar vagas de emprego na Internet para saber o que de facto o empregador procura para cada função da sua área de formação e a que vagas enviar candidatura. Jobartis.com é um bom site para este tipo de pesquisa.
  • Inscreva-se em workshops e cursos intensivos – Leia muito, pratique também. Procure estar por dentro, pelo menos durante algum tempo em alguns meses, de turmas de treinamento intensivo e cursos de formação profissional de carácter prático. As suas habilitações e habilidades cobrirão a lacuna da sua falta de experiência comprovada.
  • Na entrevista, demonstre a sua vontade de aprender – Se és um bom aspirante a profissional, deves ter toda a predisposição de aprender sobre tudo, desde a cultura organizacional da empresa até como fazer as impressões mais complicadas com as impressoras da rede. Os empregadores gostam de se deparar com candidatos que apresentam entusiasmado pela oportunidade que está prestes a abraçar.

Não se esqueça!

Ninguém nasceu experiente, muito menos em termos profissionais. É necessário que comecemos em algum momento da nossa vida.

A formação continuada é importante para garantir flexibilidade, como profissional, e expandir o alcance de suas competências.

Mesmo sem experiência profissional, numa entrevista mostre motivação, vontade de aprender e potencialidade de crescer muito como funcionário.

 

Comente e partilhe!


Receba as últimas publicações e novidades da Jobartis

Nome
Email
Telefone