Entrevista por Videochamada. Como se preparar?

entrevista por videochamada

A situação pandêmica actual e as várias medidas para fazer face ao vírus, como o distanciamento social e o Estado de Emergência recentemente prorrogado pela terceira vez, limitando e condicionando os procedimentos habituais das empresas, obrigam a que estas sejam criativas nas actividades agora em regime de teletrabalho, particularmente em recrutamento.

Na Jobartis definimos um modelo padrão para entrevistas de emprego num formato online enquanto vigorar o estado de emergência. É a tecnologia que está a ser usada para manter a continuidade em muitos negócios e as apps que permitem videoconferências, como Skype, WeChat Work, Zoom e Slack, aumentaram a sua utilização.

Embora alguns negócios tenham reduzido o volume, todavia outros aumentaram suas operações ou adaptaram-se implementando novos procedimentos. Implicando assim nos processos de recrutamento.

A Jobartis por exemplo, sempre considerou as videochamadas e testes online para uma ou mais fases do processo de recrutamento, sobretudo para candidatos cuja presença estava condicionada ou que estivessem em outros países. Por isso, e eventualmente também para outras empresas, a diferença consiste apenas no maior alargamento deste modelo e sua aplicação padrão com a tranquilidade de que a capacidade e experiência do candidato não serão condicionadas em detrimento do contacto presencial.

A fase actual marca aos entrevistadores e entrevistados, pois alguns estão acostumados a entrevistas presenciais e o momento impõe mudança para entrevistas ou testes remotamente (online).

Pensando nisso, partilhamos alguns itens importante para ter uma boa experiência com entrevistas por via de uma videochamada:

Teste o equipamento e a conexão com a internet

Verifique previamente se o programa ou aplicação que irás utilizar está operacional e se o equipamento está conectado à internet. Caso a ligação seja por wi-fi tenha em atenção se o local em que irá realizar a entrevista está próximo da origem do sinal.

Aproveite para verificar se o microfone está funcionando, se o que você diz pode ser compreendido sem interferências, se a imagem está clara e se a câmera está de fato focada em você.

Embora alguns imprevistos nem sempre são acautelados, todavia é necessário minimizar as hipóteses de ocorrerem problemas.

Escolha um local para a Entrevista

Escolha um local que cumpra os seguintes critérios: iluminado, silencioso, com um fundo neutro (por exemplo uma parede que tenha apenas uma cor) e com boa acústica.

Garanta igualmente que não sejas incomodado por ninguém com quem estejas a partilhar o espaço. Há exemplos de entrevistas remotas em que o candidato estava em um espaço público com muita gente em volta passando e fazendo barulho.

Estes aspectos podem atrapalhar a avaliação porque tanto o entrevistado quanto o entrevistador acabam tendo que empenhar muito mais energia para focar no que de fato interessa, podendo condicionar sua continuidade no processo selectivo.

Vista-se adequadamente

A regra é simples: o cuidado que tens ao vestir-se para uma entrevista remota não deve ser menor do que aquele que terias para uma conversa presencial.

Postura

Posicione-se entre 40 a 50 cm da câmara e mantém-na com inclinação em direção aos teus olhos. O ideal é que o teu rosto fique perfeitamente visível assim como metade do teu tronco. Quando falares tenta olhar para a câmara, como se estivesses a olhar, nos olhos, o entrevistador.

Cuide do seu marketing pessoal

Tal como na entrevista presencial, o recrutador espera que você fale sobre suas competências e seus principais resultados. Tenha isso na ponta da língua. Ele espera também ver garra e brilho nos olhos, mesmo que através da câmera.

Portanto, não poupe esforços e procure agir como se estivesse de fato pessoalmente com o interlocutor.

 


Receba as últimas publicações e novidades da Jobartis

Nome
Email
Telefone