12 erros a evitar na carta de apresentação

A carta de apresentação é uma ferramenta essencial na pesquisa de emprego. Uma carta de apresentação bem escrita faz com que se consiga destacar dos outros concorrentes. A carta permite ao candidato falar da sua experiência e conseguir captar a atenção no momento que o recrutador verá a sua candidatura. É fundamental para determinar se um candidato vai ser chamado para a entrevista.

Com este documento tem a oportunidade de demonstrar que é o candidato ideal, possuindo os requisitos que uma empresa procura e que poderá ajudar a organização atingir os seus objectivos. No momento em que escrever uma carta de apresentação deve levar em conta as seguintes considerações: conhecer a empresa, o cargo que se candidatará, os seus contactos, o motivo pela qual você deve ser seleccionado para a entrevista de emprego e as suas principais competências relevantes para a função.

Para além disso, é fundamental que conheça os principais erros que não deve cometer na carta de apresentação:

1. Enviar o CV sem carta de apresentação

Este erro não está propriamente na carta de apresentação, mas na ausência da mesma. A carta de apresentação ajuda o empregador a conhecer melhor as suas intenções e a perceber os principais motivos da sua candidatura a vaga de emprego.

2. Erros ortográficos ou gramaticais

Tendo em conta que a carta de apresentação demonstra se tem ou não capacidade de comunicar com clareza, é muito importante prestar atenção aos erros porque podem prejudicar a sua candidatura.

3. Parágrafos demasiado longos

Ao escrever a carta de apresentação evita parágrafos demasiado longos.  Os parágrafos devem ser curtos e objectivos de forma a demonstrar as suas mais-valias de uma forma rápida sem ocupar muito tempo ao recrutador.

4. Nomes errados

Certifique-se sempre que o nome da empresa ou do responsável estão correctos. Personalize cada candidatura ao anúncio a que está a responder.

5. Informação falsa

Geralmente o recrutador consegue verificar toda a informação que providencia e caso seja detectada alguma mentira será excluído do processo de recrutamento.

6. Comentários negativos sobre experiências anteriores
Não faça comentários negativos sobre as suas experiências profissionais anteriores, pois os recrutadores podem considerar que é uma pessoa que gosta de criar problemas. Os recrutadores têm tendência a ver este tipo de comentários como um sinal de que tem uma atitude negativa.

7. Informação irrelevante

Uma carta de apresentação deve ser breve e objectiva. Evite mencionar factos que não estejam directamente relacionados com as suas competências e experiência profissional.

8. Assuntos pessoais

Deve focar-se exclusivamente em questões profissionais. Nesta fase do processo de selecção os recrutadore não estão interessados em saber dos seus assuntos pessoais.

9. Referências a futura progressão na carreira

Os empregadores procuram candidatos motivados para a vaga que está disponível no momento. Mencionar progressões futuras pode indicar que não estará satisfeito na função durante muito tempo. Procure mostrar-se ambicioso mas sempre mantendo o foco na função para a qual se candidata.

10. Aquilo que quer

Na carta deve demonstrar como pode contribuir para empresa alcançar os seus objectivos, mas não seja irrealista.

11. Aquilo que não quer

Não indique as coisas que o desagradam na função para a qual se candidata, tal como: horários, salários, férias, e etc. Terá tempo para negociar caso receba uma oferta.

12. Qualificações que não possuí

Um dos erros que muitos candidatos cometem é a colocação de qualificações que não possuem. É fundamental que se foque nas competências que tem nesse momento.

Se tiver em conta os principais pontos que uma carta de apresentação de conter, mencionados no início do artigo, e evitar estes 12 erros decerto que irá aumentar a probabilidade de conseguir captar a atenção do empregador.

Conhece outros erros que devem ser evitados numa carta de apresentação? Coloque-os nos comentários a este post!