10 erros que deves evitar se queres conseguir teu primeiro emprego

Acerca-se o momento de introduzir no mundo trabalhista. Já o imaginaste mil vezes. Os professores, teus pais puseram-te em situação e falam das vantagens e os inconvenientes da  vida profissional. Agora te toca a ti. Preparar o terreno ajudar-te-á a ganhar confiança ante esse grande repto. Oferecemos-te um decálogo de más práticas que deves evitar se queres ter sucesso na busca de teu primeiro emprego.

errors

1. Apontar a qualquer oferta

É recomendável que te sentes a pensar que tipo de trabalho queres encontrar e que não procures em todas partes simplesmente por começar já. Estabelecer uma estratégia ajudar-te-á a definir teu processo de busca de emprego. Pensa no sector, que empresas são relevantes e em qual delas gostarias de trabalhar, que salário gostarias de cobrar, qual é o baremo para alguém de teu perfil, que reptos gostarias de experimentar. Ajudar-te-á a recopilar informação que depois poderás utilizar nas entrevistas de trabalho.

Averigua em que foros se reúne a profissão. Estabelece prioridades para enviar tua CV, e personaliza as ofertas adaptando algum aspecto de teu CV com a missão, visão e valores da empresa para a que sejas candidato.

2. Não procurar um apoio entre teus conhecidos

Se tens oportunidade de contactar com alguém que conheças e esteja relacionado com tua futura actividade não duvides na aproveitar. Estes contactos podem proporcionar-te informação privilegiada fruto da confiança que de outra forma não conseguirias. Uma excelente forma de começar é fazer networking.

3. Não fazer networking

Que todo mundo saiba que estás à busca de emprego multiplicará as oportunidades de encontrar teu primeiro trabalho. Esta atitude proactiva diz muito de ti como futuro empregado, já que é um aspecto psicológico muito valorizado. Vai a encontros profissionais e leva preparada um cartão por se alguém ta pede.

4. Fazer um CV cronológico

Este tipo de CV utiliza-se para demonstrar uma experiência trabalhista dilatada. E este não é teu caso. É aconselhável elaborar um CV onde se realcem as qualidades, as aspirações e habilidades que se adquiriram. A falta de experiência trabalhista que relatar, aproveita as práticas, o voluntariado ou os pequenos trabalhos que tenhas feito em verão para falar deles em chave profissional realçando os reptos e os lucros. Tua formação é o melhor ativo de teu currículum. Dá-lhe brilho.

5. Deixar como estão os perfis de tuas redes sociais

Segundo o IV Relatório Adecco sobre Redes Sociais e Mercado de Trabalho, o 88% das empresas reconhece consultar a actividade em RRSS dos candidatos. Deixa impoluta tua identidade digital.

6. Não ter perfil em redes sociais profissionais

É hora de incorporar as redes profissionais a tua vida. Abre um perfil em LinkedIn. Cria uma conta em Twitter que te permita estar em contacto com o sector. Diferencia o uso das redes sociais entre as de lazer e as profissionais.

7. Chegar tarde

Parece mentira mas isto segue sendo o erro mais comum numa entrevista e a que pior imagem deixa no entrevistador. Evidência um aspecto importantíssimo num candidato, e é o grau de responsabilidade. Calcula o tempo para chegar meia hora dantes a cita-a e aproveita para familiarizar com o edifício. Reduzirás o número de motivos pelos que se chega tarde: tráfico, incidências no transporte público e tua reputação não ficará em entredicho à primeira.

8. Ir à entrevista sem ter-te informado sobre a empresa

Mostrar interesse é definitivo numa entrevista. Tua experiência pode ser escassa, mas uma boa atitude que deixe ver uma grande motivação ajudará a restar importância a este facto.

9. Improvisar

Preparar a entrevista em casa dar-te-á segurança. A ajuda de alguém de confiança pode te proporcionar um ponto de vista diferente que assinalará pontos de melhora que quiçá não tinhas tido em conta. Podes propor a teu ayudante que faça vários papéis (poli mau, poli bom) para te pôr em situação.

10. Vestir de forma inapropiada

Começar com bom pé passa por que não tenha um preconceito sobre a imagem que projectas. Viste algo que te sente bem, que te dê confiança sem que seja llamativo. O único que tem que realçar são tuas potencialidades como futuro empregado. Cuida a linguagem que utilizas para que não resulte nem demasiado rebuscado nem vulgar. Escuta e procura a naturalidad, esta aparecerá se tens preparado e tido em conta todo o anterior.

Tens cometido alguma vez algum destes erros? Comenta e compartilha!


Receba as últimas publicações e novidades da Jobartis

Nome
Email
Telefone