Coordenador de Rede Clinica

Fechado

Contrato

Faixa salarial
AKZ 200.000-300.000 / mês
Tipo contrato
Tempo indeterminado
Oferta aberta até
14/10/2013

Empregador

Nome do empregador

PSI ANGOLA

Localização

Cidade

Luanda

País

Angola

Província

Luanda

Descrição

Cargo
Coordenador de Rede Clinica
Número de vagas
1
Descrição da função
  1. Rede Clinica
    • Implementar e administrar todas as actividades e operações relacionadas com a rede de encaminhamento, relações com os centros de saúde e recolha de registro dos utentes atendidos;
    • Assegurar o registro rigoroso de todos os utentes que são encaminhados pelos activistas e educadores de par do PROACTIVO. Garantindo que os cartões de referência são guardados e que as fichas estão bem preenchidas.
    • Garantir que os activistas e educadores de pares tem informação actualizada sobre o stock de medicamentos, testes, e serviços disponíveis nos centros de saúde que fazem parte da Rede.
    • Apoiar o Director de VIH na actualização e melhoramento das políticas locais de finanças, estratégias e planos;
    • Realizar visitas de supervisão pelo menos uma vez ao mês a todos os centros de saúde, assegurar os supervisores fazem uma visita mais contínua a todos os centros de saúde.
    • Monitorar e gerir os dados da ficha de registro com foco especial nos números de pessoas a serem atendidos e os referenciamentos feitos a pessoas diagnosticadas como seropositivo ou que necessitam de serviços especializados;
    • Manter um bom relacionamento com os técnicos de saúde para garantir a partilha de informação sobre os serviços oferecidos aos utentes;
    • Coordenar reuniões mensais com todos os chefes de repartição e técnicos de saúde para receber feedback sobre o funcionamento da rede e como melhorar;
    • Fazer visitas mensais as províncias para assegurar o programa está ser implementada da mesma maneira em todos os lugares;
    • Controlar processos de atendimento, e fazer sugestões em maneiras de melhorar o serviços clínicos com o devido rigor;
    • Realizar pelo menos uma visita surpresa de supervisão e reportar qualquer lacuna nos serviços e reportar ao Director do Departamento;
    • Identificar novos centros de saúde (publico ou privado) que possam complementar os serviços oferecidos ao grupo alvo;
    • Trabalhar com a DPS a fim de assegurar que os centros estão abastecidos com reagentes e medicamentos;
    • Criar uma relação de colaboração com técnicos de saúde para a partilha de dados e apoio técnico;
    • Identificar ONGs que possam trabalhar com pessoas vivendo com VIH na área de apoio e cuidados domiciliares;
    • Actualizar o directório de serviços e assegurar que a equipa de Comunicação tem informação actualizada;
    • Organizar e dirigir mensalmente os encontros de Revisão com a equipa de Comunicação do Departamento para abordar desafios e realizações.
    • Produzir relatórios de actividades e resultados alcançados durante o mês para enviar ao doador;
    • Desenvolver plano de trabalho mensal, com calendário de supervisão, e formação para as cinco províncias;
    • Gerir stock de merchandising com a equipa de Marketing e Comunicação para assegurar que existe materiais de apoio suficiente para distribuição nos centros de saúde que fazem parte da rede;
    • Preparar em momentos apropriados e submeter ao Directora do Departamento o mapa de solicitação de fundos para actividades, quando necessário;
    • Elaborar um plano de formação e capacitação de técnicos de saúde e supervisores de clinicas.

  2. Gestão
    • Supervisionar o trabalho dos Supervisores de clínicas pertencentes as ONGs parceiras e do PSI para assegurar a melhoria no atendimento ao público nos centros de saúde;
    • Delegar tarefas, definir metas a cumprir, prioridades e prazos e realizar encontros individuais e sectoriais regulares (semanal) para assegurar comunicação e monitoria do desempenho do pessoal da Rede de Referencia;
    • Desenvolver planos de capacitação para os técnicos de saúde;
    • Contabilidade incluindo gestão de desempenho, formação e desenvolvimento profissional;
    • Garantir a correcta gestão e disseminação de dados recolhidos nos centros de saúde;

Requisitos

Titulação mínima
Licenciatura
Experiência exigida
3 Anos
Nacionalidade
Não definido
Línguas
Não definido
Area funcional
Competências
Não definido
Aptidões necessárias

• Grau de Licenciatura em Saúde Publica, Medica, Gestao de Projectos ou áreas afins;
• Pelo menos 3 anos de experiência na gestão de serviços clínicos ou área de capacitação de técnicos clinicos (de preferência nas ONG’s);
• Experiencia de trabalhar com agências multilaterais ou bilaterais tais como USAID, Fundo Global, DFID;
• Conhecimento sobre o VIH/SIDA, no contexto do País
• Comprovadas habilidades analíticas e de gestão;
• Excelentes habilidades de gerir prioridades simultâneas
• Capacidade de receber e cumprir com tarefas estipuladas, assim como delegar funções e prestar relatórios.
• Bom discernimento
• comunicação (verbal e escrita)na computação particularmente nos pacotes de Office (Word, Excel e Power Point);
• Proficiente na língua Portuguesa e fortes conhecimentos (falado e escrito);
• Nacionalidade Angolana

Não encontras uma vaga adaptada as tuas necessidades?

Regista-te e te avisaremos de forma gratuita quando aparecerem vagas adaptadas ao teu perfil.
Email Confirmation" type=email name="candidate[email_confirmation]" id=candidate_email_confirmation />
ou
Já tem uma conta?
Iniciar sessão aqui